APASE apresenta Notícia-Crime contra fala comparando professores a traficantes

O Sindicato-APASE apresentou, em conjunto com Apeoesp, Udemo e o mandato da Dep. Profa. Bebel, NOTÍCIA-CRIME contra ato considerado ilegal do Deputado Federal EDUARDO BOLSONARO, quando uma fala sua, em palanque de evento pró armas, no dia 09/07, comparou professores a traficantes.

A Notícia-Crime foi apresentada no Supremo Tribunal Federal no dia 11/07/2023, com explanações a respeito da fala do Deputado Federal que “além de impróprias, são criminosas, na medida em que incitam toda uma população contra uma categoria profissional que trabalha laboriosamente no processo educativo de crianças brasileiras”. Exemplificado, assim, em trecho que o referido Deputado disse: “Não tem diferença de um professor doutrinador para um traficante que tenta sequestrar e levar os nossos filhos para o mundo do crime. Talvez até o professor doutrinador seja ainda pior, porque ele vai causar discórdia dentro da sua casa, enxergando a opressão em todo o tipo de relação. Fala que o pai oprime a mãe, a mãe oprime o filho e aquela instituição chamada família tem que ser destruída”.

O documento ressalta ainda que as palavras desse Deputado são revestidas de um discurso de ódio, que visa, “apenas e tão somente, gerar insegurança e temor naqueles que o ouvem, deturpando o que é a profissão de professor, instigando a violência contra esses e, obviamente, encorajando os discursos negacionistas e as práticas educacionais do homescholing e outras tantas, como, por exemplo, aquela que é desenvolvida nas escolas cívicas militares”.

Após elencar justificativas presentes na Constituição Federal, na LDB e no Código Criminal, o texto faz aos Ministros da Corte, o pedido para recebimento e acolhimento da Notícia-Crime, bem como a instauração de investigação, para apurar os possíveis delitos cometidos pelo deputado.

 

Clique abaixo, para ler o documento na íntegra:

NOTÍCIA-CRIME – STF- EDUARDO BOLSONARO

Compartilhe

Mais notícias

APASE presente na reunião da FESSP-ESP: assédio no serviço público e formação sindical, em pauta

“Segundou com APASE” faz análise de Regimento Escolar

Assistência Jurídica – Incidência da Contribuição Previdenciária